papel.caneta.coracao
Papel, caneta e coração.

@papel.caneta.coracao

Crônicas, poesias e reflexões do cotidiano. Autor: @alanalvesm

56

8.3K

0

Há dias que escurece mais cedo,
Dias que a coragem da lugar ao medo...
Dias difíceis, de raro sorriso,
Sentimento apertado, coração indeciso.
*

As horas não passam, relógio parado,
Angústia só cresce, que dia azarado,
Rosto fechado, mal encarado,
O aperto se instala, desesperado.
*

Aceite que uns dias vai dar tudo errado,
Nada é perfeito, esteja preparado,
Não desanime, não fique irado,
Pois o dia amanhã será ensolarado.
*

A vida é assim, não é linear,
A boa notícia é que isso vai passar...
Tudo se vai, tristeza também,
Você tem valor, você é alguém.
*

Não baixe a guarda, fique de pé,
Mesmo apanhando, mantenha sua fé.
Os seus problemas já estão indo,
Logo amanhece e você tá sorrindo.
*

Aprenda com os dias de dificuldade,
Tire lição de cada adversidade,
A cada amanhecer, uma oportunidade,
Seu sol vai brilhar, iluminar a cidade.

Há dias que escurece mais cedo, Dias que a coragem da lugar ao medo... Dias difíceis, de raro sorriso, Sentimento apertado, coração indeciso. * As horas não passam, relógio parado, Angústia só cresce, que dia azarado, Rosto fechado, mal encarado, O aperto se instala, desesperado. * Aceite que uns dias vai dar tudo errado, Nada é perfeito, esteja preparado, Não desanime, não fique irado, Pois o dia amanhã será ensolarado. * A vida é assim, não é linear, A boa notícia é que isso vai passar... Tudo se vai, tristeza também, Você tem valor, você é alguém. * Não baixe a guarda, fique de pé, Mesmo apanhando, mantenha sua fé. Os seus problemas já estão indo, Logo amanhece e você tá sorrindo. * Aprenda com os dias de dificuldade, Tire lição de cada adversidade, A cada amanhecer, uma oportunidade, Seu sol vai brilhar, iluminar a cidade.

Na real todos temos objetivos, 
Eles são possíveis, pense positivo,
Jamais os classifique no diminutivo,
Porém se prepare, seja competitivo.
*

Não importa o tamanho da sua meta,
Se é morar fora, ou fazer dieta,
Não importa o que diz o amigo, o irmão,
O que importa é o desejo do seu coração.
*

Alguns irão te chamar de lunático,
Discurso antipático, de alguém estático,
Não gaste saliva, apenas seja prático,
Esqueça o apático e seja fantástico.
*

Mas a vida real não é só sonhar,
Terá que ralar pra se destacar,
Uma coisa terá de priorizar,
Que é o fator: se preparar.
*

Respire no foco da preparação,
Sem ela não há consagração...
Estude, trabalhe e se interesse,
Só ganha o troféu no final quem merece.
*

A vontade de se preparar,
Deve ser maior que a de ganhar...
Ninguém ganha sempre, anote o recado,
Porém só vence quem está preparado.

Na real todos temos objetivos, Eles são possíveis, pense positivo, Jamais os classifique no diminutivo, Porém se prepare, seja competitivo. * Não importa o tamanho da sua meta, Se é morar fora, ou fazer dieta, Não importa o que diz o amigo, o irmão, O que importa é o desejo do seu coração. * Alguns irão te chamar de lunático, Discurso antipático, de alguém estático, Não gaste saliva, apenas seja prático, Esqueça o apático e seja fantástico. * Mas a vida real não é só sonhar, Terá que ralar pra se destacar, Uma coisa terá de priorizar, Que é o fator: se preparar. * Respire no foco da preparação, Sem ela não há consagração... Estude, trabalhe e se interesse, Só ganha o troféu no final quem merece. * A vontade de se preparar, Deve ser maior que a de ganhar... Ninguém ganha sempre, anote o recado, Porém só vence quem está preparado.

Vivemos a mil, num mundo hostil,
Carência extrema, num “mood” infantil,
Agarrados a quem não quer ser gentil,
Sede imaginaria, cadê meu cantil?
*

A noite que chega, logo vira dia,
E na correria, se esconde agonia...
No medo de mudar, estacionamos,
E sem reparar, nos arruinamos.
*

Existem coisas que nos fazem mal,
Porém não largamos, vacilo total...
Acreditamos que não vivemos sem,
Mas se libertar só nos faria bem.
*

Para que provar o amargor do fel,
Se pode degustar a doçura do mel?
Pra que escolher a escuridão,
Se a luz do sol está na sua mão?
*

Aquele trabalho, aquele projeto,
O meio social ou até o seu teto...
Sua relação, de amor ou amizade,
Te suga energia, esconde sua verdade.
*

Pra que insistir no que te faz menor?
Se tu nasceu pra viver o melhor.
O seu destino, você que determina,
Elimine aquilo que não te ilumina.

Vivemos a mil, num mundo hostil, Carência extrema, num “mood” infantil, Agarrados a quem não quer ser gentil, Sede imaginaria, cadê meu cantil? * A noite que chega, logo vira dia, E na correria, se esconde agonia... No medo de mudar, estacionamos, E sem reparar, nos arruinamos. * Existem coisas que nos fazem mal, Porém não largamos, vacilo total... Acreditamos que não vivemos sem, Mas se libertar só nos faria bem. * Para que provar o amargor do fel, Se pode degustar a doçura do mel? Pra que escolher a escuridão, Se a luz do sol está na sua mão? * Aquele trabalho, aquele projeto, O meio social ou até o seu teto... Sua relação, de amor ou amizade, Te suga energia, esconde sua verdade. * Pra que insistir no que te faz menor? Se tu nasceu pra viver o melhor. O seu destino, você que determina, Elimine aquilo que não te ilumina.

Preocupações são inevitáveis,
Dores de cabeça desagradáveis,
Mas não se esqueça que além de vulneráveis,
Por boa parte do que sentimos, somos responsáveis.
*

Nosso sofrimento destrói nossos dias,
Levando embora nossas alegrias,
Focamos no problema, triste dilema,
Difícil resumir toda opera neste poema.
*

Perdemos o sono, e logo amanhece,
O dia termina antes que comece,
Não há solução, não há salvação,
Sobra stress, falta motivação.
*

Há algo a fazer, pare de sofrer,
Melhor relevar o que não se pode controlar,
Pare de chorar, de sangrar em vão,
Apenas aceite tal situação.
*

Se depende do outro, não vai adiantar,
Só vai fazer mal, te machucar...
Foque naquilo que só depende de ti,
Não gaste energia e volte a a sorrir.
*

O tempo, burocracia, vontade alheia...
São como o encontro entre vento e a areia,
Você não controla, não há o que fazer,
Preocupe-se apenas com o que pode resolver.

Preocupações são inevitáveis, Dores de cabeça desagradáveis, Mas não se esqueça que além de vulneráveis, Por boa parte do que sentimos, somos responsáveis. * Nosso sofrimento destrói nossos dias, Levando embora nossas alegrias, Focamos no problema, triste dilema, Difícil resumir toda opera neste poema. * Perdemos o sono, e logo amanhece, O dia termina antes que comece, Não há solução, não há salvação, Sobra stress, falta motivação. * Há algo a fazer, pare de sofrer, Melhor relevar o que não se pode controlar, Pare de chorar, de sangrar em vão, Apenas aceite tal situação. * Se depende do outro, não vai adiantar, Só vai fazer mal, te machucar... Foque naquilo que só depende de ti, Não gaste energia e volte a a sorrir. * O tempo, burocracia, vontade alheia... São como o encontro entre vento e a areia, Você não controla, não há o que fazer, Preocupe-se apenas com o que pode resolver.

O que você faz de melhor?
O que você “sabe de cór”? Aposto que tem uma aptidão,
Que pode se tornar o seu ganha pão.
*

Talvez tu não esteja contente,
Pegando no batente, mas sendo insistente,
Parado no tempo, como um repetente,
Se reinvente, você é competente.
*

Quando tu viu, já era adulto,
A vida voou, passou num minuto,
Nem deu tempo de pensar nas escolhas,
O outono se foi, caíram as folhas...
*

Você não é obrigado a viver enjaulado,
Você tá parado, perdido e ferrado...
Quebre as amarras, viva a sua arte,
Faça um alarde, grite por toda parte.
*

A vida é uma só, até que provem o contrário,
Seja mais você, não seja um otário.
Este é o momento, não seja isento,
Corra contra o vento, viva seu talento.
*

Artista não é só quem sobe no palco 
Quem pinta a tela, quem tá na novela...
Saia desta lama, escreva sua trama,
Levante da cama, vá atrás do que ama.

O que você faz de melhor? O que você “sabe de cór”? Aposto que tem uma aptidão, Que pode se tornar o seu ganha pão. * Talvez tu não esteja contente, Pegando no batente, mas sendo insistente, Parado no tempo, como um repetente, Se reinvente, você é competente. * Quando tu viu, já era adulto, A vida voou, passou num minuto, Nem deu tempo de pensar nas escolhas, O outono se foi, caíram as folhas... * Você não é obrigado a viver enjaulado, Você tá parado, perdido e ferrado... Quebre as amarras, viva a sua arte, Faça um alarde, grite por toda parte. * A vida é uma só, até que provem o contrário, Seja mais você, não seja um otário. Este é o momento, não seja isento, Corra contra o vento, viva seu talento. * Artista não é só quem sobe no palco Quem pinta a tela, quem tá na novela... Saia desta lama, escreva sua trama, Levante da cama, vá atrás do que ama.

Essa semana nossa página completa seis meses, seis longos meses que passaram num piscar de olhos. Tudo começou de forma totalmente despretensiosa, um jovem observador com certa sensibilidade para tratar dos temas do cotidiano.
Engraçado que comecei a página por influência de amigos, sempre escrevi e tinha receio de mostrar minhas anotações para os outros, mas abri mão da vaidade, de julgamentos alheios e iniciei este projeto.
Quando a página foi criada eu passava por um momento conturbado, escrevia textos de superação para mim mesmo, escrevia o que eu precisava e gostaria de ler naquele momento, engraçado, pois o tempo passou e de fato tudo mudou... Acreditava piamente em tudo que ali era dito, creio que nossa página teve um crescimento tão veloz por um simples motivo, a identificação, tratamos de temas da vida, que todos passamos de uma maneira ou de outra, acho difícil alguém ler e não se sentir representado por nenhum dos textos.
Agradeço do fundo do meu coração por cada curtida, cada compartilhamento e cada mensagem positiva, pois estes são os fatores que me fazem continuar escrevendo.
Recebo mensagens lindas, de pessoas muito especiais, hoje vivo um ótimo momento, entendi que o propósito de fazer algo pelo próximo é nobre e alimenta nosso coração. Existem dias que estou cansado e sem inspiração, mas me obrigo a ler algo, observar alguma situação ou escutar algum desabafo, algum problema de alguém, para refletir e dissertar a respeito, nem todos os textos me tocam, mas se uma pessoa sequer foi tocada, a missão estará cumprida.
Peço desculpas por estar alguns dias sem postar, voltarei com tudo agora, aceito sugestões de temas, assuntos e histórias vividas por cada um de nossos seguidores.
A função da página é passar uma mensagem e abrir reflexão, ainda tenho muito que aprender, mas creio que juntos, iremos longe.
Que fique claro que o “Papel, caneta e coração” não sou eu, a página é nossa, de cada um de vocês que abraçou este projeto desde o início. Estamos só começando, obrigado por tudo.

Essa semana nossa página completa seis meses, seis longos meses que passaram num piscar de olhos. Tudo começou de forma totalmente despretensiosa, um jovem observador com certa sensibilidade para tratar dos temas do cotidiano. Engraçado que comecei a página por influência de amigos, sempre escrevi e tinha receio de mostrar minhas anotações para os outros, mas abri mão da vaidade, de julgamentos alheios e iniciei este projeto. Quando a página foi criada eu passava por um momento conturbado, escrevia textos de superação para mim mesmo, escrevia o que eu precisava e gostaria de ler naquele momento, engraçado, pois o tempo passou e de fato tudo mudou... Acreditava piamente em tudo que ali era dito, creio que nossa página teve um crescimento tão veloz por um simples motivo, a identificação, tratamos de temas da vida, que todos passamos de uma maneira ou de outra, acho difícil alguém ler e não se sentir representado por nenhum dos textos. Agradeço do fundo do meu coração por cada curtida, cada compartilhamento e cada mensagem positiva, pois estes são os fatores que me fazem continuar escrevendo. Recebo mensagens lindas, de pessoas muito especiais, hoje vivo um ótimo momento, entendi que o propósito de fazer algo pelo próximo é nobre e alimenta nosso coração. Existem dias que estou cansado e sem inspiração, mas me obrigo a ler algo, observar alguma situação ou escutar algum desabafo, algum problema de alguém, para refletir e dissertar a respeito, nem todos os textos me tocam, mas se uma pessoa sequer foi tocada, a missão estará cumprida. Peço desculpas por estar alguns dias sem postar, voltarei com tudo agora, aceito sugestões de temas, assuntos e histórias vividas por cada um de nossos seguidores. A função da página é passar uma mensagem e abrir reflexão, ainda tenho muito que aprender, mas creio que juntos, iremos longe. Que fique claro que o “Papel, caneta e coração” não sou eu, a página é nossa, de cada um de vocês que abraçou este projeto desde o início. Estamos só começando, obrigado por tudo.

E lá se foi o número de curtidas,
Competições inúteis, disputas batidas,
Pessoas vivendo dentro de corridas,
No pódio ou não, subvertidas...
*

Alguns estão contrariados,
Muitos outros, aliviados,
Também existem os desconfiados,
Com motivações e discursos variados.
*

Há quem poste a foto implorando o like,
Este está comemorando como um “strike”,
Ninguém saberá se ele agradou,
No mundo de mentira, se camuflou...
*

E quem trabalha com a rede social?
Tá vivo no jogo, não há nenhum mal...
Os competentes vão se reinventar,
Jogar com verdade pro engajamento aumentar.
*

Vamos falar com sinceridade,
É um golpe duro pra vaidade,
Como vão medir popularidade?
Termômetro burro, mediocridade...
*

Seja mais você, esqueça a aprovação,
Isso é complexo, gera preocupação...
Hoje tiraram os likes do Instagram,
E na vida real, como agirá amanhã?

E lá se foi o número de curtidas, Competições inúteis, disputas batidas, Pessoas vivendo dentro de corridas, No pódio ou não, subvertidas... * Alguns estão contrariados, Muitos outros, aliviados, Também existem os desconfiados, Com motivações e discursos variados. * Há quem poste a foto implorando o like, Este está comemorando como um “strike”, Ninguém saberá se ele agradou, No mundo de mentira, se camuflou... * E quem trabalha com a rede social? Tá vivo no jogo, não há nenhum mal... Os competentes vão se reinventar, Jogar com verdade pro engajamento aumentar. * Vamos falar com sinceridade, É um golpe duro pra vaidade, Como vão medir popularidade? Termômetro burro, mediocridade... * Seja mais você, esqueça a aprovação, Isso é complexo, gera preocupação... Hoje tiraram os likes do Instagram, E na vida real, como agirá amanhã?

Qual o mínimo que preciso fazer,
Para chegar ao ponto de me satisfazer?
Qual é o mínimo necessário,
Para vencer meu adversário?
*

Queremos trabalhos,
Buscamos atalhos.
Queremos as glórias,
De formas contraditórias.
*

A parte difícil ninguém quer fazer,
Para chegar lá, terá de sofrer.
O cômodo e fácil não te faz merecer,
O objetivo que há de querer.
*

Esqueça o mínimo, não pense pequeno,
Quem vive assim, prova o próprio veneno.
Abra a cabeça, pague o preço que for,
Arregace as mangas e faça com amor.
*

É imbecilidade querer facilidade,
Ter prosperidade sem adversidade.
Pare de ser o cara que se omite,
De o seu máximo, vá até o limite.
*

Você é capaz, tem total condição,
Derrame seu suor, com garra e ação.
Mas não esqueça durante seu caminho,
Que a vitória e o sacrifício são bons vizinhos.

Qual o mínimo que preciso fazer, Para chegar ao ponto de me satisfazer? Qual é o mínimo necessário, Para vencer meu adversário? * Queremos trabalhos, Buscamos atalhos. Queremos as glórias, De formas contraditórias. * A parte difícil ninguém quer fazer, Para chegar lá, terá de sofrer. O cômodo e fácil não te faz merecer, O objetivo que há de querer. * Esqueça o mínimo, não pense pequeno, Quem vive assim, prova o próprio veneno. Abra a cabeça, pague o preço que for, Arregace as mangas e faça com amor. * É imbecilidade querer facilidade, Ter prosperidade sem adversidade. Pare de ser o cara que se omite, De o seu máximo, vá até o limite. * Você é capaz, tem total condição, Derrame seu suor, com garra e ação. Mas não esqueça durante seu caminho, Que a vitória e o sacrifício são bons vizinhos.

Vivemos na era dos investimentos,
Ouvimos o termo em diversos momentos,
Mas investir não se trata só de grana,
Investir é o segredo de uma vida bacana.
*

Invista em você, invista no estudo,
O conhecimento não te deixa mudo.
Cuidar de sí é uma grande virtude,
Tenha atitude e cuide da saúde.
*

Seja profissional, invista no trabalho,
Te fará crescer e ganhar um “cascalho”...
Mas invista também em descansar,
Seu corpo é uma máquina e pode “quebrar.”
*

Invista sua grana com sabedoria,
Pense no futuro da sua família.
Investimento é usar o seu tempo,
Pra ajudar o próximo, não sendo avarento.
*

Invista e cultive boas amizades,
Foque em qualidade e não quantidade.
Se lembre que um ótimo investimento,
É valorizar um relacionamento.
*

Mercado da vida, inversão de valor...
Não seja igual, invista no amor.
Aí vai uma dica de investimentos,
Espalhar por aí os melhores sentimentos.

Vivemos na era dos investimentos, Ouvimos o termo em diversos momentos, Mas investir não se trata só de grana, Investir é o segredo de uma vida bacana. * Invista em você, invista no estudo, O conhecimento não te deixa mudo. Cuidar de sí é uma grande virtude, Tenha atitude e cuide da saúde. * Seja profissional, invista no trabalho, Te fará crescer e ganhar um “cascalho”... Mas invista também em descansar, Seu corpo é uma máquina e pode “quebrar.” * Invista sua grana com sabedoria, Pense no futuro da sua família. Investimento é usar o seu tempo, Pra ajudar o próximo, não sendo avarento. * Invista e cultive boas amizades, Foque em qualidade e não quantidade. Se lembre que um ótimo investimento, É valorizar um relacionamento. * Mercado da vida, inversão de valor... Não seja igual, invista no amor. Aí vai uma dica de investimentos, Espalhar por aí os melhores sentimentos.

E lá se foi mais um semestre,
E você aí, o que fizeste?
E lá se foi meio ano...
E num piscar de olhos o tempo tá voando.
*

Até ontem era Janeiro, depois Fevereiro,
E você um prisioneiro, de um tal de carnaval...
Logo ele passou e o “ano começou”,
Seis meses se foram, e tu aqui ficou.
*

Você soube aproveitar?
Por seu sonho foi lutar?
Foi grato ao acordar?
Ou viveu no celular?
*

O juiz apitou e o primeiro tempo acabou,
Manterá a tática ou fará uma mudança drástica?
O jogo continua, mas logo acaba,
Quer comemorar ou sentar pra chorar?
*

De Julho a Dezembro, não muda nada,
Quem muda é você, ou vira piada.
Ninguém para o trampo da ampulheta,
Faz sua correria, ou vai pra sarjeta.
*

Amanhã é natal, e o que quer fazer?
Celebrar mais um ano ou se arrepender?
Ver a vida passar é pura negligência,
Aproveite seu tempo com inteligência.

E lá se foi mais um semestre, E você aí, o que fizeste? E lá se foi meio ano... E num piscar de olhos o tempo tá voando. * Até ontem era Janeiro, depois Fevereiro, E você um prisioneiro, de um tal de carnaval... Logo ele passou e o “ano começou”, Seis meses se foram, e tu aqui ficou. * Você soube aproveitar? Por seu sonho foi lutar? Foi grato ao acordar? Ou viveu no celular? * O juiz apitou e o primeiro tempo acabou, Manterá a tática ou fará uma mudança drástica? O jogo continua, mas logo acaba, Quer comemorar ou sentar pra chorar? * De Julho a Dezembro, não muda nada, Quem muda é você, ou vira piada. Ninguém para o trampo da ampulheta, Faz sua correria, ou vai pra sarjeta. * Amanhã é natal, e o que quer fazer? Celebrar mais um ano ou se arrepender? Ver a vida passar é pura negligência, Aproveite seu tempo com inteligência.

A cada amanhecer, novas esperanças,
Você se levanta e quer novas andanças,
Cheio de alegria, com fé na mudança,
Mas algo dá errado e logo você dança.
*

Estava tudo bem, o dia perfeito,
Mas logo encontrei aquele sujeito,
O sangue subiu, mudei meu conceito,
Fiquei insatisfeito, só vejo defeito.
*

Perdi meu emprego, estou na pior,
Perdi meu amor, me sinto menor,
Ninguém reconhece meu esforço e suor,
Um simples problema parece maior.
*

A vida não é um jogo para se ganhar, 
São altos e baixos, melhor aceitar,
Precisa lembrar ao acordar...
Que em cascas de banana vai escorregar.
*

O que é externo, não pode entrar,
No seu coração, seu dia mudar...
Sua fé e alegria devem continuar,
Esfrie a cabeça, tente relevar.
*

Você é gigante, não pode se abalar,
Pois as dificuldades não irão acabar...
Não seja fraco, não mude seu humor,
Respire e revide tudo com amor.

A cada amanhecer, novas esperanças, Você se levanta e quer novas andanças, Cheio de alegria, com fé na mudança, Mas algo dá errado e logo você dança. * Estava tudo bem, o dia perfeito, Mas logo encontrei aquele sujeito, O sangue subiu, mudei meu conceito, Fiquei insatisfeito, só vejo defeito. * Perdi meu emprego, estou na pior, Perdi meu amor, me sinto menor, Ninguém reconhece meu esforço e suor, Um simples problema parece maior. * A vida não é um jogo para se ganhar, São altos e baixos, melhor aceitar, Precisa lembrar ao acordar... Que em cascas de banana vai escorregar. * O que é externo, não pode entrar, No seu coração, seu dia mudar... Sua fé e alegria devem continuar, Esfrie a cabeça, tente relevar. * Você é gigante, não pode se abalar, Pois as dificuldades não irão acabar... Não seja fraco, não mude seu humor, Respire e revide tudo com amor.

Eis que tu não sabe para onde ir?
Não sabe o que gosta, qual caminho seguir?
Está se lamentando por que o tempo passou?
A vida deu voltas e não se encontrou?
*

É natural se sentir perdido,
Mas não desanime, não fique mordido...
Você não é o único, não se sinta mal,
Tal questionamento é algo normal.
*

Se questionar mostra algo bom,
Está insatisfeito, quer mudar o tom...
Olhe com bons olhos sua inquietude,
Pois é uma virtude que precede atitude.
*

Existe algo necessário neste momento,
Uma coisa simples chamada movimento,
Esqueça a idade que indica o documento,
Você é bom e saudável, não perca tempo.
*

Você pode tentar e não se identificar,
De forma positiva terá que enxergar,
É um risco eminente, tem que se jogar,
Varias alternativas pra eliminar.
*

Saia da inércia, eterna adolescência,
Pois dando as caras, vem experiência,
Verás o que gosta e faz com eficiência,
E de tanto praticar,  fará com excelência.

Eis que tu não sabe para onde ir? Não sabe o que gosta, qual caminho seguir? Está se lamentando por que o tempo passou? A vida deu voltas e não se encontrou? * É natural se sentir perdido, Mas não desanime, não fique mordido... Você não é o único, não se sinta mal, Tal questionamento é algo normal. * Se questionar mostra algo bom, Está insatisfeito, quer mudar o tom... Olhe com bons olhos sua inquietude, Pois é uma virtude que precede atitude. * Existe algo necessário neste momento, Uma coisa simples chamada movimento, Esqueça a idade que indica o documento, Você é bom e saudável, não perca tempo. * Você pode tentar e não se identificar, De forma positiva terá que enxergar, É um risco eminente, tem que se jogar, Varias alternativas pra eliminar. * Saia da inércia, eterna adolescência, Pois dando as caras, vem experiência, Verás o que gosta e faz com eficiência, E de tanto praticar, fará com excelência.

Next page